sábado, janeiro 27, 2018

Só podia falar do Lula !

Tinha tudo para se tornar um mártir. Uma pessoa carismática, com um ótimo domínio da palavra, muitas vezes erradas e mal conjugadas, mas que isso sempre foi irrelevante.
Lula saiu da pobreza e isso o identificava com o povo brasileiro. Falava o que todos tinham vontade de falar. Pegava o microfone e reunia uma multidão como ninguém. E as pessoa íam lhe ouvir espontaneamente. Eu fiz isso por duas vezes. Uma em São Paulo, em 1989 e outra em Porto Alegre, mas não lembro quando.

No seu primeiro mandato, na primeira visita a Porto Alegre como presidente, eu estava sentado em um bar perto da minha casa e notei uma movimentação diferente de motociclistas de escoltas, policiais e pensei: o Lula vai passar na avenida onde eu morava pois é rota para o aeroporto. Levantei da mesa, avisei que voltaria, e fui recepcioná-lo com um aceno quando passou na minha frente. Acenei alegre, com o sorriso estampado e pensei: esse homem vai mudar o Brasil.






E mudou mesmo !

sábado, janeiro 06, 2018

Elis - O Filme

Por cargas do destino, olhei no relógio e apontava 22h em ponto. Liguei a TV nos telecines para ver o que estaria a passar e me deparei com o filme Elis.

Sensacional ! Eu, como músico, sempre me vi em situações semelhantes a que ela passou em relação a promessas, falsas promessas, má remuneração, aplausos e vaias, etc....

A trilha do filme é linda. Só rolou um Belchior lá depois dos letreiros finais.

Mesmo assim, aquela guria, criada no bairro IAPI, pertinho de onde eu morava, deixou uma linda história. A vida leva cedo que poderia ter ficado muito mais tempo por aqui e deixa quem não merece por quase uma eternidade.

Entre colegas de trabalho que ficam discutindo Pablo Vittar e seus rebolados, meus ouvidos são torturados. Se eu me meter na conversa, falar em MPB e Elis, certamente vão imaginar que é uma nova candidata desse suposto partido político.

Enfim, Elis, infelizmente, foi derrotada por inúmeras carreiras que acabaram com a sua brilhante carreira.

O importante é que essa passagem nunca se apagará entre nós, excluindo a turminha do Pablo.

A Carta

Oi, mãe ! Não sei onde estás nesse momento mas senti necessidade de mandar-te meus parabéns pelo teu aniversário. Essa data será eterna. Sem...