domingo, novembro 16, 2008

Curtinhas de Domingo

- o problema que o ator Fábio Assunção está enfrentando é que as novelas da Globo são umas drogas. E acabou dando nisso.

- vejo hoje o técnico do Palmeiras, o Wanderlei Luxemburgo, comandar seu time com uma tipóia no braço. Depois de uma briga no aeroporto na sexta com uns torcedores, ele acabou sofrendo uma luxação. Acabou combinando com o apelido do cidadão: Luxa.

- ir ao cinema, teatro e viajar de ônibus estão se tornando coisas insuportáveis devido a grande quantidade de pessoas falando ao celular. Não adianta tecnologia se o usuário é mal-educado. Esse tipo de lugar deveria ter um bloqueador de sinal.

- o cara melhora de vida, sai da vila e vai morar em outro lugar. Mas a vila não consegue sair de dentro dele.

- nas minhas andanças pelos bairros mais populares da cidade notei a grande quantidade de roupas na cor rosa. E aí me disseram que não era moda. Era a cor da promoção.

- em certas linhas de periferia dos ônibus urbanos aqui de Porto Alegre, o povão entra e fica parado na porta de saída, apesar de descerem perto do final da linha. Está na hora de começar a distribuir um manual de boas maneiras pra esse pessoal.

- Porto Alegre tem um ônibus de linha que passa nos bares para pegar os pinguços. Tem um concurso para ver o nome que dariam para essa linha e gostei mesmo foi o Pinga-Pinga.

- para finalizar, está virando modinha torcedores de futebol irem ao estádio no meio da semana tirar satisfações de técnico e jogadores. Não concordo com isso. Já tem uma comissão muito bem paga para solucionar os problemas do time. Imaginem se a moda pega e os acionistas das empresas forem esperar o presidente na saída para tirar satisfações pelo mal desempenho ?

sábado, novembro 15, 2008

1808


Essa semana foi muito boa para mim. Além de voltar ao trabalho, no antigo departamento que estava, pude conhecer pessoalmente uma pessoa especial, um jornalista de sucesso que só me comunicava com ele pela internet.


Trata-se de Laurentino Gomes. Logo que a revista Veja começou a sua interatividade com a seção Veja On-Line escrevi um comentário político que foi publicado na revista. Isso faz mais de 10 anos e, na época, o Laurentino era o responsável por esta parte da revista. Depois se tornou um dos diretores da Abril.


Desde lá temos mantido contato via e-mail e na quinta passada fui à 54 Feira do Livro de Porto Alegre para conhecê-lo e autografar o livro 1808 o qual ele fala da chegada da corte portuguesa ao Brasil de um modo bastante gostoso de se ler e sem aquelas chatices literárias do meio acadêmico que o pessoal tanto gosta de escrever e o povo odeia ler.


E aproveitei para participar de um debate com ele, mais o Antonio Holfeld e uma historiadora sobre a maneira com que as pessoas escrevem livros históricos e tem pouca atração do público em geral. Justamente por escreverem de forma rebuscada numa linguagem que só mesmo entre eles há atração.


E isso acontece em todas as áreas. Quem não gostaria de ler sobre astronomia, medicina, psicologia, estatística, etc....mas que fosse escrito de uma maneira mais descontraída não deixando de lado a credibilidade da informação ?


Pois recomendo o livro 1808 para quem quiser entender um pouco mais desse nosso Brasil e sua história.


Mais informações no site http://www.laurentinogomes.com.br/


Na foto, eu e o Laurentino trocando uma idéia na Feira do Livro.

sábado, novembro 08, 2008

Obama

Parabéns ao Obama. Torço para que ele faça um governo tranquilo, competente, criativo e honesto. É mais um das minorias que chegam ao poder e esse no
posto de mais poderoso do planeta.

Mas descendo uns e bastantes patamares abaixo eu pergunto a ti, que está lendo esse blog, se a pessoa que tu votaste faz ou está fazendo algo a teu favor e a favor do lugar onde moras.

As pessoas votam, dão crédito a muitos que não mereciam nem ser síndicos de prédios, fazem com que esse pessoal ganhe mensalmente mais do que o eleitor que o elegeu e o mandato desse cara , na maioria das vezes, é pífio, de acordo com a cara dele. E nós acabamos pagando o pato dessa história toda.

Recomendo que, como assim tu colocaste, tire-p se for o caso. Martin Luther King já falava que um povo sem voz nada vale.

Faz a tua parte. Eu estou fazendo a minha !

quarta-feira, novembro 05, 2008

Turismo 3i

Hoje, numa das aulas da PUC, administração de empresas, da qual faço parte, tivemos que mostrar, em todos os detalhes, uma empresa ainda inédita, para um grupo de investidores fictícios.

E olha que saiu coisa boa ! Uma empresa de turismo voltado para a terceira idade que daria um banho de prestação de serviço em muitas que estão há anos no mercado: a Turismo 3i - a melhor escolha para a melhor idade !

O brasileiro é criativo. Precisa de um empurrão para que as coisas aconteçam. Não seria de se duvidar que , depois de tanto planejamento, cálculo, idéias, plano de negócios, etc... esse grupo de pessoas, do qual também faço parte (só pra fixar, pois já foi dito antes), resolvam montar esse negócio.

Na simulação os investidores ficaram entusiasmados. Mas era tudo simulação e a empresa fictícia. Mas é com esse tipo de exercício que podem surgir bons negócios.

E aí ? Alguém está disposto a dar um empurrão ?

Um partido jogado no lixo !

O PT surgiu lá nos anos 80 como um partido que representava os trabalhadores, onde seus líderes vinham de histórias de resistências ao regim...