terça-feira, julho 17, 2018

Caminhos que se abrem !

Aos poucos vai se conhecendo o lugar. Pode demorar semanas, meses, semestres...O conhecimento chega, a ousadia aparece, o inusitado acontece.

Quando achamos que a chama tivesse apagado , surge uma fagulha que te dá um impulso de esperança, trazendo palavras positivas, um reconhecimento ímpar, uma história que também sabe contar.

Nesse ponto surge o tesão e o conhecimento caminhando juntos por um objetivo de dar os primeiros passos para essa cidade se transformar numa referência cultural.

Bem-vindos a Chapecó !

sábado, julho 14, 2018

Deu match !

Um vinho, notas musicais em forma de melodia navegando pelo apartamento, corpos ousados....
A mente agradecia aquele momento. Os neurônios se abraçavam. O fígado trabalhando sem parar. O coração acompanhando a música.

Nove da noite... duas da madrugada... 6 da manhã ...

Deu match !

sábado, julho 07, 2018

Estamos Voltando pra Casa !

Lulu Santos ainda cantarola pelo Brasil à fora essa frase. Ele continua na ativa, cinquentão, mas firme nos palcos. Já nossa seleção brasileira de futebol teve vida curta nesse mundial. Tenho minhas teses.

A primeira é que deveriam ser convocados apenas aqueles que jogam em solo brasileiro. Te garanto que formaríamos uma baita seleção. Não envolveria dinheiro, empresários, palpiteiros, obediências de patrocinadores, etc... E tem mais: todos jogariam o campeonato da vida e ainda estariam na janela para alçar vôos mais altos.

Os jogadores decepcionaram. O goleiro Alisson, se fosse substituído pelo Pitol, goleiro do Brasil-PE que disputa a série B do Brasileirão, teria o mesmo desempenho, ou melhor. G Jesus foi um verdadeiro fracasso assim como o Cai-cai Neymar que, de tanto que perdeu a credibilidade, até em pênaltis reais os juízes não acreditam que ele caiu pelo fato de ter sido derrubado,

E agora vem nosso maior problema: o técnico ! O filósofo da bola ! Não sei qual o linguajar que ele usa para falar com os jogadores mas se for o mesmo que ele fala com a imprensa, é fracasso na certa. Tite é inteligente. Suas palestras, para um público universitário pra cima, devem ser ótimas. Mas conversa de vestiário é outra coisa.

Jogador de seleção é rico mas continua ignorante, com poucas exceções. Falar difícil para ele acaba dando um nó nos neurônios e aí o resultado é nulo.

Seleção brasileira volta pra casa pelo seu péssimo desempenho enganatório. Empatou a primeira com um time fraco. Não venceu, no tempo normal, outro time fraco tendo, segundo dizem, eu não concordo, o atleta da vitrine caindo em prantos no segundo jogo, ganho nos descontos.

Analise esses e outros fatores não escritos, sentado numa cadeira no outro lado da rua da concentração brasileira. O resultador será: isso não vai dar certo !

Estamos voltando pra casa !

domingo, julho 01, 2018

Nunca contei para qualquer pessoa !

Realmente, isso que lhes contarei agora nunca foi relatado para qualquer pessoa. Foi o dia, ou a noite, que resolvi ficar perambulando pelas ruas de Porto Alegre. Mesmo tendo um lar para dormir, resolvi ficar nas ruas para ver o que se passava.

Peguei um ônibus e fui para o centro da cidade. Em frente ao prédio da prefeitura acontecia uma cerimonial de uma igreja e por lá fiquei ouvindo o que rolava. Uma lavagem cerebral que nada tinha a ver comigo. No final, um prato de comida para cada um. Não aceitei. Me ofereceram. Nada tinha a ver comigo.

Percorri mais ruas naquela madrugada fria e me deparei com um músico tocando seu violão ao lado de um cobertor de acampamento. O cara era bom e tinha até músicas própria. Nisso chegou um outro transeunte e pediu o violão. Meu Deus ! O cara tocava muito bem e cantava como se fosse um rock star.

Já eram quase 5 da manhã quando o morador de rua colocou seu violão no "sleep bag" , se acomodou e foi dormir. Antes disso, um cidadão lhe trouxe um lanche e uma lata de cerveja.

Chorei de presenciar tanta soliedariedade humana nas ruas da cidade, perambulando sem rumo e observando o que se passava nas noites portoalegrenses.

Foi só uma parte. Mas foi uma parte importante da constituição do cidadão que sou hoje.

sexta-feira, junho 29, 2018

Cuba Libre !

Desconheço a origem do nome desse drinque o qual mistura Coca-Cola, vodka, limão e gelo. Talvez tenha alguma referência ao país dos famosos charutos e não de vodka com Coca-Cola.

Mas o que me refiro é uma analogia ao Brasil livre. Que soltem todos os corruptos presos, que soltem o Lula e os demais. Afinal de contas, fomos colonizados por ladrões e bandidos e não podemos perder nossa característica primária.

Temos deputados federais viciados em cocaína, em corrução, em falcatruas....Esse é o nosso orgulho. Nosso maior craque futebolístico é especialista em simular faltas inexistentes. Temos um comentarista numa das maiores redes de televisão do planeta dependente químico. Temos um governador que é incapaz de pagar a folha do funcionalismo em dia mas é candidato a reeleição. Temos um prefeito em Porto Alegre que briga com todos os secretários e ainda se chama capacitado para o cargo. Temos um judiciário especialista em soltar bandidos e ainda se orgulha de tais atos.

Somos o Brasil. Um país diferente, comandado por bandidos, uma população cada vez mais burra e ignorante e que se encaminha para o caos. Só não foi ainda pela capacidade empresarial de muitos empreendedores que ainda acreditam nessas terras tupiniquins.

domingo, junho 24, 2018

Não desista antes do tempo !

O grande ensinamento que essa copa do mundo 2018 na Rússia tem nos trazido é não desistir do teu objetivo antes de tentá-lo conquistar a todo custo.
Dezenas de jogos tem se decidido nos acréscimos do tempo normal de jogo. Se alguém pudesse comprar ingresso para assistir a prorrogação veria um espetáculo emocionante e de curta duração.

Essa lição serve para qualquer coisa em nossas vidas que almejamos conquistar. Muitas vezes uma barreira aqui, outra acolá, nos desanima e, muitas vezes desistimos. A copa do mundo nos diz\ o contrário.

É uma verdadeira injeção de ânimo para qualquer um com algum propósito.

Não desista. Muitas vezes nossas conquistas acontecem ao apagar das luzes, saindo pela tangente, no fio da meada, quando nada tínhamos de esperança mas muito de perseverança.

quarta-feira, junho 20, 2018

A fazenda Anoni e o MST

Acabei de assistir a um documentário no Canal Brasil sobre o assentamento de 32 mil hectares pelos sem-terra na respectiva fazenda. É de chorar ver o despreparo desse pessoal completamente perdido na sua maior reinvidicação: uma terra para trabalhar. E, para completar, crianças para todo lado, mesmo vivendo na miséria.

Mas em nenhum momento do documentário eles mostraram e provaram para as autoridades que dispunham de técnicas agrícolas, que sabiam plantar, que sabiam como tornar a terra produtiva.

Muito pelo contrário. Os seus atos eram acompanhados de muita cantoria improdutiva, caminhadas pelas cidades e acampamentos em estacionamentos de órgãos públicos. E muita reza. Como se Deus fosse solucionar o problema deles.

Eu também sou um sem-terra. Não tenho terras. E nem quero. Não saberia o que fazer com ela. Talvez um campinho de futebol e aparar a grama de tempos em tempos. Não sou desse segmento e acredito que 80% desse pessoal do MST não passam de curiosos querendo uma terra de mão beijada que, daqui a um tempo, nada mais conseguirão plantar pelo simples fato do desconhecimento, da falta de estudo e da ignorância que caminha junto com esse movimento.

Se Israel desenvolveu técnicas de transformar o deserto em terra produtiva, qual a razão de o nosso nordeste viver a situação que todos os anos se repete. O que mais eles sabem é fazer cantoria para que chova. Só que chuva não vem de cantorias e sim de condições climáticas.

Mas a incapacidade de aprender essas técnicas faz parte da ignorância desse grupo cujas lideranças agem da mesma maneira que nossos políticos. Quanto mais ignorante mas fácil de eu fazer o que quiser estando no poder.

quarta-feira, junho 06, 2018

Respeitem a negrada !

Um dos indicadores de progresso de uma região brasileira pode ser espelhada no futebol. É uma tese pessoal baseada em estatísticas e observações.

Vamos ao caso pelotense. Nasci nessa cidade em uma época que tinham 3 times fortes: Farroupilha, Pelotas e Brasil. Ía a muitos jogos do Brasil, no Bento Freitas, levado pelo falecido tio Elmar. Sempre fui simpático ao Brasil. Meu pai também gostava de futebol e tinha na grade do radiador da DKW um distintivo do Farroupilha. Já o meu avô, pai do meu pai, era fanático pelo Pelotas.

O Pelotas era o time da elite com uma cidade rica nessa época. Muita vida cultural e progresso. Os filhos dos donos da grana íam estudar na França e voltavam gays. Um dos motivos da fama da cidade.

A torcida do Brasil era a rafuagem. A parte pobre da população, a "negrada" , como os pelotenses se referiam aos torcedores do Brasil, os menos favorecidos, todos torciam pelo Brasil. E era, e é, uma das torcidas mais fanáticas pelo time. Os jogos sempre animados, até hoje, pela charanga da Telles, uma importante escola carnavalesca pelotense que chegou a desfilar, como convidada, na Marquês do Sapucaí.

A torcida do Farroupilha acho que ficava no meio termo. Conheci somente dois torcedores desse time: meu falecido pai e meu falecido tio Roberto, o qual foi enterrado com a bandeira do Farroupilha sob o caixão. Até então, desconhecia seu time preferido.

No tempo da cidade rica, o Pelotas era forte. A cidade entrou numa decadência generalizada e o Pelotas afundou junto. Está na divisão de acesso do campeonato gaúcho. Tem que ter um time muito ruim para estar nessa situação. O Farroupilha, praticamente, desapareceu.

E o Brasil-PE, meu time, esse segue numa curva ascendente. Está na série B do Brasileirão, é notícia na mídia brasileira e deu um tapa de luva nos burgueses da cidade.

A "negrada" tem que ser respeitada, playboys.

terça-feira, maio 29, 2018

A Greve dos Caminhoneiros !

Para mim, a greve já começa errada. Eu escreveria a greve dos camioneiros. Qual o porquê desse "H" no meio ? Coisas do complexo português. A língua é complexo e o povo ignorante. Junto-se a fome com a vontade de comer.

Mas, voltando ao ponto, a greve está dispersa. Tem que serem consultados os "caminhoneiros das estradas vicinais", a liderança dos "caminhoneiros dos motoristas das estradas de terra do centro-oeste", os "caminhoneiros que transportam cargas não mais que 100 kg", e por aí vai....A lista é grande. São lideranças dispersas e um um governo mais disperso ainda.

Um cego seguindo o outro e o país vivendo esse caos.

Os petistas falam em golpe mas, quando Itamar Franco substituiu o Collor, nem se falou em golpe.

Mas quando se envolve um petista, os "lavagens cerebrais" se inflamam e falam em golpe, esquecendo que quem escolheu o Temer foi o PT e o mesmo deu continuidade à incompetencia de gestão desse país.

Pelo menos está está sendo fiel às bases.

quinta-feira, maio 24, 2018

Me sentindo um inútil !

Pela primeira vez na vida me dispensaram do trabalho em plena tarde de quarta-feira.

A decisão foi em decorrência da greve dos caminhoneiros, muito justa, por sinal. Como trabalho em uma empresa de transportes, a greve nos afetou diretamente, que afetou quem deveria receber suas mercadorias, que afetou quem deveria produzir, que afetou quem deveria vender, que afetou quem deveria comer....

Sou plenamente favorável à greve. O Brasil arrecada muito e gasta mal, rouba bem e nada é mostrado a nossa sociedade que sofre com a saúde, a educação e a segurança, pilares de um governo comandado por quem tem competencia de governar.

Até sexta-feira estarei em casa me sentindo um inútil. Gostaria era de estar na mesa das discussões sobre os rumos desse país.

Mas isso eu conto em outro momento.

sábado, maio 19, 2018

20 de maio !

Esse dia entrou para a minha vida pois eu entrei na vida exatamente nesse dia.

Eram 11h20min, no Hospital Beneficiência Portuguesa, na cidade de Pelotas, RS, 1960, lá estava eu, aos berros, dizendo que estava entrando para o time da vida.

Adoro esse dia. Ele faz parte dos números que jogo nas loterias, faz parte de minhas senhas, faz parte da minha vida.

O 20 já me ajudou a ganhar uma graninha na mega-sena e em outros sorteios, Foi no dia 20 de maio que tirei minha carteira de motorista, aos 18 anos, foi o dia em que fiz minha primeira carteira de trabalho, foi o dia em que fiz meu primeiro passaporte, foi o dia em que meus pais casaram, anos antes de eu nascer. Foi o dia em que enterrei meu pai.

Ele faleceu no dia em que escrevo esse texto. Foi enterrado no dia seguinte, numa manhã de céu azul invejável, frio, no cemitério mais lindo de Porto Alegre, a céu aberto, um gramado esplêndido e muitos amigos comparecendo. Cemitério Jardim da Paz.

Minha mãe está no hospital em estado grave de saúde, consequência de 4 AVC´s, 87 anos.

Amanhã é o meu aniversário ! Dia 20 de maio !

sábado, maio 12, 2018

No calor dos fatos !

Essa frase, a qual dá o título a esse ensaio, foi ouvida muitas vezes por mim nas palavras de meu falecido pai. Um intelectual atuante nas nuânces políticas e que sempre me incentivou a ler e a escrever da maneira mais correta. Tenho falhas. Não desisto.

Dizia ele que, no calor dos fatos, nada podemos construir, questionar, afirmar, pois estamos envolvidos demasiadamente na questão da coisa e, assim, a emoção está acima da razão.

A ditadura militar já está mudando de nome para "regime militar". Será que vivemos mesmo uma ditadura naquela época ? A imprensa era controlada nas suas notícias. Mas seriam essas notícias favoráveis a que o povo brasileiro vivesse melhor ou eram notícias simplesmente para tumultuar o ambiente ? Eu fico com a primeira parte da frase.

Nos tempos atuais, falar mal do PT, em certos ambientes, corre-se o risco de sermos apedrejados. Temos um fato recente que aconteceu nas proximidades do Instituto Lula (aff) onde uma pessoa contrária às opiniões vermelhas foi agredido covardemente. Aliás, os vermelhos atacam em turmas. Nunca sozinhos. Individualmente eles não tem argumentos e retiram-se, covardemente, do debate intelectual. São parecidos com o que acontecem com torcidas em estádios de futebol.

Isso não caracteriza restrição de opinão, segundo eles. Mas os militares fizerem a mesma coisa com quem era contrário à ordem e progresso desse país ( crescíamos 10% ao ano ). Ditadura militar sendo os objetivos das ações em um grande disparate e com focos distintos. Os fatos parecem ser semelhantes. Que nome daríamos para isso ? O silêncio dos inocentes ? Lá atrás, criticar o regime militar era motivo para o cidadão apanhar. Com a esquerda no poder, os fatos se repetem. A diferença é que hoje apanhamos dos militantes, da seita vermelha, dos que querem governar esse país, custe o que custar. Com os militares, o objetivo era a ordem e não a lavagem cerebral.

As cargas d´água nos levaram para um lado o qual não nos transformamos numa Venezuela. Essa representa a esquerda na mesma condição dos militares no Brasil tendo a diferença que os vermelhos funcionam dessa maneira enquanto os governantes puderem sugar todo o ativo circulante do país.

Os verdes, preocupavam-se mais com o lema da nossa bandeira: a ordem e o progresso !

Bolsonaro não é a solução ! A ignorância do povo é o nosso grande problema !

quarta-feira, maio 09, 2018

Termos que poucos entendem !

Existem termos nas nossas mídias que eu fico abismado. Vamos lá:

- Prisão de Segurança Máxima : então deve existir a prisão de segurança mínima, onde o cara é preso e facilmente tem sua fuga facilitada. Prisão é prisão. Não deveria existir níveis de segurança ou riscos de fuga ;

- Crime Organizado : se tem crime organizado tem uns outros patetas, bandidos que não sabem se organizar. Desconfio até que existam faculdades especializadas em cursos para que alunos saiam especialistas em crimes. E, também, na polícia organizado. O mérito é sempre dos criminantes quando citados ;

- Black Friday : geralmente essas sextas-feiras tupiniquins, onde mais de 90% da população não sabe o que significa e que ilude o povão com promoções que nunca foram promoções. Cheguei a ver, em Porto Alegre, um combo do McDonald`s de R$ 27,00 por R$ 15,00.  Uma semana antes, o mesmo combo custava R$ 14,00. Ou seja, a sexta-feira é negra para quem compra. Se a promoção fosse boa, o nome deveria ser Happy Friday ;

- Crime hediondo : pergunto se existe algum crime que não seja hediondo. Nessa linha de pensamento, o cara pode estuprar alguém mas não gozou na boca e nem meteu no cu. Então deixa de ser hediondo. Mais light, mais comunzão. O cara manteve alguém em cárcere privado mas tratou bem, tinha salgadinho, pão com mortadela, Fanta Uva, essas coisas que deixam as pessoas felizes. Não chega a ser hediondo ;

- Projeto com urgência máxima : projeto é projeto. Se tem algum que pode ser votado daqui há 15 anos, nem deveria entrar em questão. Todos os projetos tem a mesma prioridade, teoricamente, e devem ser votados assim que chegarem aos plenários, independente da bizarrice ou não ;

- Feriado facultativo : já viram algum órgão público funcionar em dia de feriado facultativo ? Mas o feriando é facultativo. Não é obrigatório. Mas nesse dia, nada governamental funciona.

Parei por aqui. Vou dormir pois, amanhã, se for feriado na terça-feira, vai acabar sendo tratado como feriadão !

terça-feira, maio 08, 2018

O acampamento da insanidade !

Vou começar esse texto bem direto ! Lula está preso, condenado a 12 anos e 1 mês (esse 1 mês é pra lá te interessante ) e o que esse grupo está na vigília nos arredores da sede da Polícia Federal com qual objetivo ?

Tem até senador que deveria estar em Brasília trabalhando, está dormindo numa barraca, ganhando seu absurdo salário e nada acontece ? Ninguém é punido ? Quem sustenta esse acampamento da insanidade ?

Esse pessoal recebeu uma lavagem cerebral tão grande que não se dão conta que ficarão ali, no mínimo, por 12 anos e 1 mês pois esse corrupto não sai tão cedo e vem mais coisa por ai.

Chega-se ao devaneio cerebral quando a "mulher sapiens" afirma no exterior, para piorar cada vez mais a nossa imagem de ignorantes e terceiros mundistas, que Lula será o candidato nas próximas eleições pelo PT.

Meu Deus, de onde saiu essa gente ? E essa laia insiste que o PT ainda existe, apesar de mais da metade da cúpula estar presa.

Temos o Acampamento Farroupilha, em setembro, em Porto Alegre, temos o acampamento da juventude que muda de lugar a cada ano mas agora surgiu o Acampamento dos Insanos, da Lavagem Cerebral...

Vai demorar, no mínimo, 12 anos e 1 mês.

Não sei quem irá patrocinar tanta mortadela com cacetinho !

sexta-feira, maio 04, 2018

Meu amigo se foi !

Um dos meus amigos mais próximos se foi sem dizer adeus !

Tinha a minha idade !

Não me atreverei a escrever essa inexplicação repentina !

Fica com Deus, Leonardo Horn !

sábado, abril 28, 2018

Vida rica de fatos !

Garanto que uma pessoa da minha idade, nascido em um país de primeiro mundo, não viveu o que estou vivendo, Talvez minha ignorância me condene nessas minhas afirmações mas já passei por poucas e boas. Aliás, muitas.

Quiçá minha memória me condene, Tentarei um sumário nesses 57, quanse 58 anos, presente nesse planeta e sempre com os olhos bem atentos.

Beatles, golpe militar em 64, assassinato de JLK (visto en uma Philips, preto e branco), entrada da TV a cores no Brasil, telex, fax, mirq, internet em 1994, 3 copas do mundo vitoriosas de futebol, 2 impeachmentes de presidentes, octacampeonato do Inter, campeão brasileiro invicto do mesmo time, disco gravado pela banda em que toquei, aparições em TV, jornais do centro do país, blogueiro do jornal ZH por 2 anos, centenas de shows de pequenas e grandes bandas, muitas viagens, muitas aulas proferidas, quedas de muros, construções de muros, dissoluções de países, políticos presos, ex-presidente preso, centenas de prêmios Nobel, e assim por diante.

Isso daria um livro e o mesmo está sendo escrito.

De nada adianta nossa passagem por aqui sem deixar um legado.

Recentemente perdi um grande amigo, meses mais novo que eu. Saiu sem avisar. De supetão.

Desconheço meu prazo de validade. E esse chega sem que a gente menos espera.

Para finalizar, curtam esse vídeo.

 https://www.youtube.com/watch?v=oiPzU75P9FA&list=RDoiPzU75P9FA&start_radio=1

domingo, abril 08, 2018

Eu Votei no Lula !

A história do Brasil vira mais uma página. O tempo nos dirá qual a magnitude dessa página virada.Se positiva ou negativa. O importante é que evoluímos

Um cidadão que nasceu no interior de Pernambuco, em condições precárias, rumou, como quase todo nordestino, ao Estado de São Paulo em busca de uma vida melhor. O cidadão em questão arrumou emprego em uma metalúrgica, perdeu um dedo em um acidente de trabalho e, como costumam dizer as classes mais pobres, se encostou no INSS, na época, INAMPS, ou antes disso, no INPS.

Nunca mais trabalhou, digamos, nas condições dos demais brasileiros com carteira assinada, apesar de termos inúmeros trabalhadores sem uma perna, um braço, surdos, mudos e que continuam trabalhando com a maior dignidade.

Mas o Lula não. Ele confundiu liderança com idolatria. Auto-didata, com poderes extremos,  começou a se achar acima da lei quando um dos maiores líderes americanos o chamou de "my man".

Líder sem qualquer estudo, carismático, exímio palestrante, apesar de se perder nas próprias palavras da língua-mãe, ainda assim, consegue ser comunicativo.

O líder carismático teve um fim, ou uma continuidade da sua história, de amargura em 15 metros quadrados.

Na boa, não consigo entender o que se passou com essa pessoa mas terá tempo suficiente para a reflexão. Esse é um dos propósitos de uma prisão. Poderes refletir as cagadas que o levaram a essa situação.

Como dizia o brilhante jornalista Joelmir Beting, "o PT é um partido fundado por presos políticos e que vai acabar com os políticos presos".

Supimpa !

sexta-feira, março 30, 2018

A Casa da Mãe Joana !

Confesso que não sei de onde saiu esse termo. Não pesquisei no Google. Gosto de procurar minhas próprias fontes que não advém da internet.

Pela história, seria uma casa onde tudo pode acontecer, sem limites, sem prerrogativas, sem punições. Se eu estiver certo, o Brasil virou nisso na parte política.

Nos meus 57 anos de vida, nunca tinha presenciado tamanha roubalheira nesse país por parte dos políticos. A coisa virou num anseio de ter um cargo para poder roubar e não visionar coisas benéficas ao país.

E quem dá o respaldo a isso é um povo ignorante que não sabe ler nem escrever e que, obviamente, não consegue discernir o certo do errado. Não consegue ter opiniões consistentes pois, por que mais que se esforce, recebe uma enxurrada de informações pelo seu celular de última geração, apesar de estar faltando coisas essenciais na casa, mas tem a incapacidade de saber filtrar. Tanto os que estão em sua rede assim como as "fakes news" que recebe na telinha do aparelho de R$ 1.500,00 o qual comprou à prestação pagando mais da metade do aparelho..

Aí não tem jeito ! Os mais estudiosos vão continuar sendo eleitos às custas dos que não estudaram para re-re-re-re-elegerem pois, ser deputado, vereador, virou emprego.


segunda-feira, março 19, 2018

Não compre no Feirão da Ford !

No intervalo do JN de hoje, me chamou a atenção uam propaganda sobre o Feirão da Ford.

Muita gente na fila para agendar a compra, uma confusão generalizada e aí chega a mãe do atendente furando a fila e passando na frente de todos aos empurrões e diz para o filhinho atendente que veio para o feirão e, afinal era a primeira da fila e tem a concordância do filho em lhe atender primeiro.

Um verdadeiro ao incentivo do jeitinho brasileiro, da falcatrua, do não entrar em filas pois conhece o atendente ou é parente.

Essa corrupção caseira tem que acabar. Enquanto não acabar esses atos politicamente incorretos, nosso país vai assistir mais tempo do JN falando mal da nossa gente a coisas boas, de atitudes pró ativas educacionais, de soluções criativas para as cidades, ecologia, pecuária e agricultura.

Não adianta ! O conserto disso tudo está na educação e não somos um povo educado. Estamos muito longe disso. E empresas grandes entram nesse clima e fazem propagandas incentivando a prática ruim de educação e respeito ao próximo.

Faça algo de bom ! Deixe seu protesto à respeito de uma propaganda politicamente incorreta ! Não compre coisa alguma nesse Feirão da Ford !

sábado, março 17, 2018

Execução de Marielle Franco ?

Seria interessante um estudo sobre quem foi essa Marielle Franco.

Pelo que pesquisei até agora, sua vida era um tanto problemática com amizades que ninguém gostaria de ter. Concordo que era uma pessoa pró-ativa e que cobrava coisas que a sociedade espera de um governo.

Estou vendo algo parecido, relacionado aos fatos, como se um traficante regenerado lutasse para que se acabe o consumo e o tráfico sendo que, boa parte da vida, viveu disso.

Fica estranho o discurso. E o PSOL tem problemas sérios nessa coisa de proteger bandidos e assaltantes comuns Mas as pessoas tem a oportunidade de mudarem. E, se mudarem, isso já é um grande progresso.

Tenho pena é do motorista !

sábado, março 10, 2018

GreNal e a torcida mista !

Não consigo ficar quieto quando alguém tem uma opinião e eu uma outra contrária. Faz parte do meu eu. Sou um cara de opiniões e, quando desconheço os fatos, digo: não tenho opinião formada sobre isso.

Mas a existencia da zona mista no GreNal de amanhã eu tenho, sim, opinião formada. Acho uma tremenda evolução do ser humano. O pleno convívio entre opções tão diferentes sem que precise a existência da briga que, para mim, é a demonstração da incapacidade humana do diálogo.

A vida é uma verdadeira zona mista. Qual seria a razão de nos separarmos em uma partida de futebol ? Sei que é bonito aquela provocação de lado a lado, cantorias, etc... Podemos fazer isso lado a lado.

Nossos almoços diários são entre gremistas e colorados, assim como o cinema, nossa casa, os churrascos, viagens...Qual seria a razão de ficarmos separado por um simples jogo de futebol, um show, uma peça teatral ?

A inteligência nos une. A ignorância trata de nos separar !

Bem-vida a zona mista no GreNal, no BraPel, no FlaFlu, no CaJu, em todos os lugares onde as pessoas desejam civilização e uma boa convivência ! 

sábado, fevereiro 24, 2018

O Futuro Presidente do Brasil !

Nasci junto com Brasília. Uma cidade estrategicamente feita no meio do nada, projetada por um comunista que adorava estar sempre junto dos capitalistas e com o objetivo de estar longe das grandes massas para não ser cobrada de perto.

Não conheço Brasília. Confesso que não tenho a mínima curiosidade. Se um dia for, talvez eu tenha um ataque nervoso e cometa alguma loucura nesse lugar. Melhor não ir. Irei o dia em que um déspota esclarecido tomar posse. Morrerei antes.

Votar em quem para presidente ? Os que se apresentam são da pior espécie possível. Ladrões, corruptos, ordinários, despreparados...Não consigo enxergar um sequer que tenha uma boa proposta e um passado exemplar. Uma desgraça esse país.

Eu seria um bom presidente. Quase um ditador. Mas faria as reformas necessárias para colocar esse país na vanguarda novamente. E chamaria acadêmicos para serem meus auxiliares. Bastariam  10 ministros de excelente conhecimento administrativo para fazer esse país voltar a crescer.

Mas, como parafraseava João Bosco, "não sou candidato a nada, meu negócio é batucada..."

sábado, fevereiro 17, 2018

Desgastante anos 60 !

Confesso que ter nascido nos anos 60 me trouxe um desgaste bastante grande por estar no meio do caminho das coisas.

Os hippies viviam seu astral quando nasci. Os Beatles já estavam lançando seus primeiros discos. Eu estava aprendendo a tocar e somente assistia aquela loucura toda.

A TV era minha grande aliada assim como o celular é o grande aliado dos adolescentes de hoje. Porém, com uma grande diferença: eles vêem o que querem e eu só via o que me mandavam.

Desde que nasci, esse país não progride, não evolui, não temos políticos bons que façam a coisa acontecer. Tinham os militares mas o povo se revoltou, pediu diretas já, tivemos diretas, destituíram dois presidentes e agora querem os militares novamente.

É uma geração que nos desafia a pensar, a estudar, a questionar.

A geração de hoje, pelo que vejo, é uma cambada de alieanados que nada sabem e nada contribuem. São facilmente manipulados pelos mais experientes e , se deixarem na mão deles, quebram empresas, quebram o sistema.

Me sinto desgastado. Procuro, ao máximo, melhorar esse mundo.

Nem que seja com essa simples escrita.

A surpresa de um historiador.

Timothy Snyder é o nome dele. Historiador da Universidade de Yale.

Ando meio distante dos livros. Aqui em Chapecó a melhor livraria fica no shopping da cidade e as que tem no centro da cidade não despertaram meu interesse.

Descobri esse cara sensacional em um programa na Globo News, Milênio, e me apaixonei pelo seu modo de pensar e sobre os livros que lançou.

Sobre a Tirania é uma obraprima. Um pocket book, já traduzido para o português que trás verdadeiras pérolas do pensamento à respeito do que estamos vivendo na atualidade e resgatando, no passado, muitas lições interessantes e que nos servem de respostas às situações atuais.

Vale a pena investir em um dos tres livros lançados por ele, principalmente esse último que citei.

'Ter um líder é desistir do sistema', diz historiador Timothy Snyder

Seu novo livro, 'Sobre a Tirania: 20 Lições do Século XX Para o Presente', está sendo lançado no Brasil

domingo, fevereiro 04, 2018

Planeta Atlântida 2018 !

Fui à primeira edição do Planeta Atlântida, acho que foi 1995. Fui à trabalho. Minha empresa era responsável pela sinalização do evento. Iria de qualquer jeito. Muita gente que tocou eu gostava e fui. Fui, gostei, me diverti, sendo que repeti por mais 5 edições.

Hoje não vou mais pois o que toca lá nada tem a ver comigo. Confesso que nomes que fazem sucesso atualmente eu desconheço. Talvez eu esteja acomodado para o Planeta Atlântida. A coisa é bem simples. Tem lugares que me agradam, tem eventos que me agradam e é pra lá que vou.

Se um transexual está subindo ao palco e tem milhares de pessoas para vê-lo, nada tenho a ver com isso. Gosto não se discute. Se aprecia. Cada um com seu grau de informação, nível cultural, estilo de vida, etc...

O mundo seria uma merda se todos gostassem do que eu gosto. Seria uma merda se todos escutassem o mesmo tipo de música que escuto, vestissem o mesmo estilo de roupas que me agrada, fossem passar as férias nos mesmo lugares de sempre. Seríamos uma grande boiada.

Quem planeja o Planeta Atlântida sabe o que as pessoas querem ouvir. E reúne um público muito maior que um Grenal, que um Flaflu, e emparelha com o público de um Paul , ex-Beatle.

Ou seja, tem público para tudo e isso é que interessa. E que todos se divirtam nesses eventos.

Eu não fui mais no planeta Atlântida pois estou morando não tão perto mas gostaria de ter ido pois rolam dezenas de coisas paralelas que, nem sempre, o show principal é a melhor atração para mim.

Que venha o Planeta Atlântida 2019 !

sábado, janeiro 27, 2018

Só podia falar do Lula !

Tinha tudo para se tornar um mártir. Uma pessoa carismática, com um ótimo domínio da palavra, muitas vezes erradas e mal conjugadas, mas que isso sempre foi irrelevante.
Lula saiu da pobreza e isso o identificava com o povo brasileiro. Falava o que todos tinham vontade de falar. Pegava o microfone e reunia uma multidão como ninguém. E as pessoa íam lhe ouvir espontaneamente. Eu fiz isso por duas vezes. Uma em São Paulo, em 1989 e outra em Porto Alegre, mas não lembro quando.

No seu primeiro mandato, na primeira visita a Porto Alegre como presidente, eu estava sentado em um bar perto da minha casa e notei uma movimentação diferente de motociclistas de escoltas, policiais e pensei: o Lula vai passar na avenida onde eu morava pois é rota para o aeroporto. Levantei da mesa, avisei que voltaria, e fui recepcioná-lo com um aceno quando passou na minha frente. Acenei alegre, com o sorriso estampado e pensei: esse homem vai mudar o Brasil.






E mudou mesmo !

sábado, janeiro 06, 2018

Elis - O Filme

Por cargas do destino, olhei no relógio e apontava 22h em ponto. Liguei a TV nos telecines para ver o que estaria a passar e me deparei com o filme Elis.

Sensacional ! Eu, como músico, sempre me vi em situações semelhantes a que ela passou em relação a promessas, falsas promessas, má remuneração, aplausos e vaias, etc....

A trilha do filme é linda. Só rolou um Belchior lá depois dos letreiros finais.

Mesmo assim, aquela guria, criada no bairro IAPI, pertinho de onde eu morava, deixou uma linda história. A vida leva cedo que poderia ter ficado muito mais tempo por aqui e deixa quem não merece por quase uma eternidade.

Entre colegas de trabalho que ficam discutindo Pablo Vittar e seus rebolados, meus ouvidos são torturados. Se eu me meter na conversa, falar em MPB e Elis, certamente vão imaginar que é uma nova candidata desse suposto partido político.

Enfim, Elis, infelizmente, foi derrotada por inúmeras carreiras que acabaram com a sua brilhante carreira.

O importante é que essa passagem nunca se apagará entre nós, excluindo a turminha do Pablo.

Caminhos que se abrem !

Aos poucos vai se conhecendo o lugar. Pode demorar semanas, meses, semestres...O conhecimento chega, a ousadia aparece, o inusitado acontece...