sábado, setembro 20, 2014

Parecia fácil !

Tempos atrás comprei um violino. Sou músico e meu chão é a bateria e a percussão mas também arranho um teclado, um baixo, um violão, uma guitarra, um vocal num rock, mas resolvi me aventurar quando comprei um violino.

Nossa, achei que fosse mais fácil. Mas esse instrumento requer muita prática para se familiarizar no jeito próprio de tocar. E talvez tenha sido isso quando resolvi desistir e me desfazer do instrumento.

Fui derrotado pela falta de persistencia e pela minha incompetencia musical manuseando um instrumento completamente estranho para mim mas me achando capaz, previamente, de dominá-lo. Pelo menos num nível básico. Não saiu nem um "parabéns pra você". Foi uma decepção só.

Quando estava na loja, fiquei em dúvida em comprar um sax ou um violino. Nenhum dos dois eu havia tido contato anteriormente e optei pelo violino devido a um pouco de asma que tenho. Me dei mal.

E para completar o quadro, minha bateria está desmontada e guardada embaixo da cama.

Quanta falta de motivação !

sábado, setembro 13, 2014

Você é um bipolar ?

Desconheço como pode-se identificar uma pessoa bipolar através de testes ou algum profissional capacitado para esse fim. Mas sei identificar pessoas que tem uma afinidade com esse distúrbio mental.

São pessoas que dizem uma coisa em determinada situação e uma opinião diferente sobre o mesmo caso numa ocasião posterior. Isso deixa o receptor da mensagem confuso pois a mesma pessoa tem duas opiniões distintas sobre a mesma coisa.

Além da perda de credibilidade na opinião pessoal, essas pessoas que sofrem desse distúrbio não se dão conta dessa dicotomia, desse antagonismo que os acabam descredibilizados em relação a diversas coisas e situações.

Desconheço se essa doença tem cura ou algum tipo de tratamento.

E cada vez mais estou rodeado de bipolares. A solução paleativa é andar com um gravador e depois reproduzir a conversa anterior para a pessoa que afirmou uma coisa e dias depois já estava com uma opinião diferente.

Não vejo problemas em mudar de opinião. Vejo problemas é uma pessoa ficar defendendo teses sobre coisas que disse mas que não lembra o que disse.

Me remete concluir que é o "alemão" que vem chegando aos poucos.

sexta-feira, setembro 05, 2014

A Difícil Arte do Relacionamento Humano !

Sou um eterno observados desse assunto e um pouco estudioso do mesmo. Quando reajo a certas situações que vivemos no dia-a-dia, procuro resgatar as coisas que aprendi e que foram discutidas em salas de aula.

Mas a pior espécie de ser humano que enfrentamos nessas situações são aqueles que nunca estudaram, nunca se informaram, nunca discutiram coisa alguma sobre relacionamento humano e se acham os maiores psicólogos do pedaço. Alia-se ali a arrogancia, a prepotencia e uma série de outros adjetivos que denigrem o ser humano, quando na condição de humano.

O relacionamento com essas pessoas tornam-se insuportáveis e, dependendo do grau de influencia no grupo, acaba com o grupo, o desmantela e depois esses supostos donos da verdade voltam às suas origens sozinhos, sem amigos e procurando a melhor forma de acabarem suas próprias vidas.

E por plena incompetencia que os acompanham ao longo do tempo, nem isso conseguem. Esbarram no bizarro de suas vidas mas que não conseguem mofidicar a dos demais que a amam. Apenas, no máximo, incomodam e depois desaparecem na poeira da ridicularidade junto com seus bens acumulados. Aliás, seus grandes orgulhos. Prazer em viver passa longe da garagem para 2 carros dessas pessoas vazias, sem amigos ou rodeadas de gente superficial que nada agregam e nunca irão agregar coisa coisa desse pessoal tão carente espiritualmente.

quarta-feira, setembro 03, 2014

A Geral do Gremio !

É interessante a reflexão desse caso da eliminação do Gremio. Cabe à sociedade também policiar os infratores que acabam atormentando a vida dos demais. E a coisa começa nos pequenos detalhes:

- da madame que estaciona sua camionete nas vagas dos deficientes (se bem que ela também poderia ser enquadrada como deficiente mental)
- do cara que chega com seu carrinho no supermercado cheio de mercadorias e entra no "caixa-rápido" que só permitem 10 itens...
- do cara que fura fila no embarque aéreo...
- do cara que senta no teu lugar previamente demarcado no avião....
e assim vai....

Os exemplos são inúmeros. Eu recomendo que se alguém ofender outra pessoa por homofobia, ignorancia e outros adjetivos, chame a polícia que ela será presa em flagrante. É o que deveria ter acontecido com o grupelho do jogo do gremio contra o bahia.  Aliás, um lugar reincidente em transtornos, confusos, agressões verbais, consumo de drogas, entre outras coisas e que a diretoria do greminho nunca levou à sério.

Pelo contrário, sempre patrocinou essa chinelagem !

Deixarás Saudades !

Como é bacana quando uma pessoa nos deixa nessa vida, deixa, também, um legado. Um legado de amor à vida, ao próximo e muitos, mas muitos en...