sábado, agosto 23, 2014

Sobre bailes funk e comunidades !

Tenho refletido muito nesses últimos tempos sobre esse movimento cada vez maior de pessoas que conquistam a mídia e que estão na periferia. Os estudos são poucos, o envolvimento político mínimo, a diversão em alta.

Penso na fórmula da felicidade. Seria o MC da vida mais feliz que o novo rico ? O muleque com roupas quase de grife mais feliz que o playba do coleginho particular ?

Uma coisa é certa, nessa minha reflexão. O pessoal da periferia, os mais humildes, os escanteados da sociedade, estão mostrando a cara e fazem isso muito bem. Acordaram de vez e os mais cultos ficam com medo desse movimento quando poderiam usar a sua suposta inteligencia para compartilhar e interagir com um segmento alternativo da nossa sociedade.

O assunto é complicado e não tenho a fórmula nem o desfecho do mesmo.

Meu objetivo é provocar o pensamento, a reflexão. Ser o dono da verdade é complicado e perigoso. O melhor mesmo é ser o provocador do raciocínio.

Que nem eu !

sexta-feira, agosto 15, 2014

O Mundo Virtual que Surgiu !

Me lembro muito bem quando em 1994  em recebi um pacote com várias coisas da PROCERGS, o órgão governamental do RS responsável pela conexão virtual com o mundo, que me dariam a oportunidade de me conectar com o mundo através da internet.

A conexão se dava por uma placa de fax-modem que desafia a paciencia de qualquer um. A linha telefônica disponível no local da conexão ficava bloqueada para que o sujeito pudesse entrar na internet e participar de tudo que existia ali. Informações vindas de todos os lugares do mundo. Quase todos.

Isso mudou o mundo. Mudou comportamento de pessoas que antes tinham seu tempo dedicado a livros e a partir daquele momento trocaram de escolhas e foram de cabeça ao mundo virtual.

Eu sempre fui da teoria que aquilo seria perigoso. Muita informação ao mesmo tempo sem termos tempo de questionar tal avalanche. Se para nós o mundo dos livros já era complicado, isso veio a tornar nossas informações recebidas com uma velocidade nunca imaginada em coisa muito pior.

Confesso que perdi amigos por causa disso. Por terem o poder de escrever qualquer coisa sem medir suas reais consequencias. De poder navegar em grupos sociais diferentes sem saber em  que terreno estava "pisando".

Como sempre aformei, tudo que temos acesso na vida, coisas das mais diferentes, se bem administradas, poderão sempre nos trazer coisas satisfatórias, ou não. Tudo que é feito aos extremos nos trará prejuízos, assim como a doentia e viciante ligação nas redes sociais.

sábado, agosto 09, 2014

Dia dos pais !

Não tenho mais pai ! Tampouco sou pai ! Foi uma escolha sensata pois sempre pensei que se tivesse um filho, ele teria que viver numa condição igual ou melhor que a minha. Colocar alguém no mundo e dividir pobreza nunca foi minha filosofia.

As estatísticas beirando o extraordinário beiram minha vida. Nasci no mesmo dia em que meus pais comemoravam seu aniversário de casamento. Meu pai foi enterrado nesse mesmo dia, o dia do meu aniversário.

Um 20 de maio pra lá de marcante na minha vida. Uma data que desafia os mais estudiosos estatísticos nessa combinação de datas.

Na mega-sena, jogo sempre os mesmos números que combinam a data de meu nascimento com outros que não revelo. Já bati na trave num dos sorteios acertando 4 dezenas. Nem deu para fazer grande coisa mas serviu de aviso que esses números são cabalísticos.

Para os que tem seu pai vivo, um grande abraço para eles. Para os colorados, nosso segundo hino relata que o "papai é o maior...". Na re-estréia do Felipão no Gremio, nada melhor que uma granda partida do nosso time fazendo juz ao dia de um dos responsáveis pela nossa existencia.


sexta-feira, agosto 01, 2014

O Mau Caminho !

Sempre tive a teoria que pessoas mal intencionadas ou a cegueira nos relacionamentos, incluindo decisões pessoais com influencias externas negativas, mudam o rumo de nossas vidas.
Por mais tempo que tenhamos de estudo, somos vulneráveis a um bom papo, um aprochego supostamente carinhoso, uma atração sexual , entre outros,,,,por nos deixarmos influenciar por certas situações que aparecem em nossas vidas de uma hora para a outra.

A cegueira da admiração, do bom papo da nova amizade, do envolvimento com o talento dessa pessoa e que surpreende quem nunca viveu nesse meio, chega ao ponto de a pessoa se oferecer sexualmente para o músico que navega em boas notas numa roda de violão. Chamo isso da cegueira leiga da música. Qualquer pessoa que tenha o domínio de seu instrumento serve de pretexto para levar para a cama o mais desinformado e bêbado da rodinha.

Escrevo isso pois conheci gente assim. Entrou nesse time cegamente e é abusado em todos os sentidos pelos mais cancheiros do meio. Músicos famosos, entre outras profissões de famosos, se utilizam desse artifício por terem a fórmula do fácil assédio. Obviamente falo da classe chinelo que utiliza esse artifício e as marias-chuteira, as marias-violão, as marias-lepolepo não irão faltar jamais nesse segmento de mercado.

A Carta

Oi, mãe ! Não sei onde estás nesse momento mas senti necessidade de mandar-te meus parabéns pelo teu aniversário. Essa data será eterna. Sem...