quarta-feira, outubro 19, 2016

Chapecó, mais uma vez !

Há uma diferença gritante entre as pessoas da capital e pessoas do interior. Eu nunca tinha morado no interior de um Estado do Brasil. Nasci em Pelotas mas saí de lá com 1 ano de idade e nunca mais tinha voltado a morar em cidades menores.

Chapecó tem suas peculiaridades e comecei a conhecer as coisas pela periferia. Vejo que é aquilo que eu sempre imaginei: gente sem cultura, com um palavreado carente e sempre com a mente voltada à putaria. Esse último item acontece, também, nas grandes cidades, mas aqui a coisa é mais acentuada.

Alguém lendo um livro, nem pensar. Jornal, as pessoas assinam mas mas lêem. As informações do dia a dia são sabidas através da televisão ou rádio. Internet é só para besteiróis de redes sociais. Nada que preste circula na grande maioria dos excelentes celulares.

Pobre, que se preze, tem que ter celular de última geração, mesmo que não saiba usar todos os recursos. Um grande detalhe: foi comprado à prestação.

Mas cidade do interior é assim, pelo que me falaram e pelo que presencio. E outra coisa forte é a falta de cultura, como já falei antes. As pessoas se interessam pelas notícias policiais mas desconhecem que tem um evento artístisco gratuito na praça da cidade no próximo domingo.

E ainda se arriscam a dizer que o povo é alienado e não sabe votar.

Meu Deus ! Esse país não muda tão cedo ! Quer viver no primeiro mundo ? Mude-se daqui !

Deixo algumas sugestões: Costa Rica, República Dominicana, Uruguai, Canadá, Holanda, Republica Checa, Coréia do Sul, Estados Unidos, Portugal, entre outros....

Boa viagem !

observação: o povo daqui é muito legal e educado. As pessoas costumam se cumprimentar pelas ruas e isso já é uma coisa muito positiva.

Nenhum comentário:

Falar de mim mesmo !

Tenho essa mania. Essa mania tem que ter limites. Falar de mim mesmo gera um monólogo consigo. Será isso mesmo ?