E dê-lhe matança !

Hoje vi na GloboNews uma entrevista de um general brasileiro que defendia uma tese muito interessante e já sabia de muitos que os armamentos tem prazo de validade, as indústrias bélicas, assim como as montadores de automóveis, precisam vender seus produtos e uma guerra como está ocorrendo na Faixa de Gaza é normal.

Os Estados Unidos, o líder em fabricação de armamentos, precisa revovar seus estoques e por isso incentiva guerras pelos cantos do mundo. O filme excelente O Senhor das Armas, baseado em fatos verídicos, já tratava muito bem desse tema.

O que deveria existir, sim. era uma maneira de se gastar essa munição toda em conflitos com voluntários e não com inocentes e crianças. Esses nada tem a ver com a quantidade de armas que fabricam e estão pouco interessadas com as guerras mas são involuntariamente envolvidas.

Quer fazer turismo de risco e se meter numa guerra ? Entre nesse site fictício, http://www.balaportodolado.com/ , inscreva-se, e, se conseguir sair vivo de lá, conte ao mundo como foi a experiencia (agora sem acento).

Por falar nisso, passo noites sem dormir preocupado com o destino dos tremas. Não sei viver sem eles !

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No calor dos fatos !

O acampamento da insanidade !

Hotel x Hospital