sábado, maio 12, 2018

No calor dos fatos !

Essa frase, a qual dá o título a esse ensaio, foi ouvida muitas vezes por mim nas palavras de meu falecido pai. Um intelectual atuante nas nuânces políticas e que sempre me incentivou a ler e a escrever da maneira mais correta. Tenho falhas. Não desisto.

Dizia ele que, no calor dos fatos, nada podemos construir, questionar, afirmar, pois estamos envolvidos demasiadamente na questão da coisa e, assim, a emoção está acima da razão.

A ditadura militar já está mudando de nome para "regime militar". Será que vivemos mesmo uma ditadura naquela época ? A imprensa era controlada nas suas notícias. Mas seriam essas notícias favoráveis a que o povo brasileiro vivesse melhor ou eram notícias simplesmente para tumultuar o ambiente ? Eu fico com a primeira parte da frase.

Nos tempos atuais, falar mal do PT, em certos ambientes, corre-se o risco de sermos apedrejados. Temos um fato recente que aconteceu nas proximidades do Instituto Lula (aff) onde uma pessoa contrária às opiniões vermelhas foi agredido covardemente. Aliás, os vermelhos atacam em turmas. Nunca sozinhos. Individualmente eles não tem argumentos e retiram-se, covardemente, do debate intelectual. São parecidos com o que acontecem com torcidas em estádios de futebol.

Isso não caracteriza restrição de opinão, segundo eles. Mas os militares fizerem a mesma coisa com quem era contrário à ordem e progresso desse país ( crescíamos 10% ao ano ). Ditadura militar sendo os objetivos das ações em um grande disparate e com focos distintos. Os fatos parecem ser semelhantes. Que nome daríamos para isso ? O silêncio dos inocentes ? Lá atrás, criticar o regime militar era motivo para o cidadão apanhar. Com a esquerda no poder, os fatos se repetem. A diferença é que hoje apanhamos dos militantes, da seita vermelha, dos que querem governar esse país, custe o que custar. Com os militares, o objetivo era a ordem e não a lavagem cerebral.

As cargas d´água nos levaram para um lado o qual não nos transformamos numa Venezuela. Essa representa a esquerda na mesma condição dos militares no Brasil tendo a diferença que os vermelhos funcionam dessa maneira enquanto os governantes puderem sugar todo o ativo circulante do país.

Os verdes, preocupavam-se mais com o lema da nossa bandeira: a ordem e o progresso !

Bolsonaro não é a solução ! A ignorância do povo é o nosso grande problema !

Nenhum comentário:

Um partido jogado no lixo !

O PT surgiu lá nos anos 80 como um partido que representava os trabalhadores, onde seus líderes vinham de histórias de resistências ao regim...